Como Escolher o Perfume Certo para Qualquer Época do Ano:

O perfume diz muito sobre a sua personalidade. Os estilos são diferentes nas roupas, no cabelo, na maquiagem e no perfume também. Há quem seja identificado pelo perfume que usa. Mas, cuidado, pois o perfume pode mudar de aroma de pele para pele.

Não compre uma fragrância porque gosta dela em algum conhecido. A química e oleosidade natural da pele reagem com as essências do perfume, fazendo com que ele nunca fique igual de uma pessoa para a outra.  Não basta gostar de uma fragrância, em termos gerais, há que senti-la na pele com todo o seu esplendor.
Isto acontece porque cada pessoa tem uma pigmentação de pele diferente e por isso o perfume cheira de forma diferente. Se já gostou de um aroma no ar e não sentiu o mesmo efeito no seu corpo, é porque esse não é o ideal para você.

Ou seja, um mesmo perfume tem um cheiro diferente dependendo de quem o usa. A quantidade de água que há na epiderme, a temperatura corporal, a secreção sebácea, o PH… Todos esses factores influenciam no cheiro de uma fragrância.

Dicas de Compra:

•    De manhã cedo, as faculdades olfativas estão mais sensíveis. Então esse é o melhor período para ir às compras do seu perfume. Nesse dia, não utilizar nenhum perfume para evitar as misturas ou qualquer outra referência olfativa.
•    Não é aconselhável experimentar mais de três perfumes. Após quatro ou cinco fragrâncias, perdemos o olfato e o mais provável é confundirmos os aromas.
•    Jamais se deve cheirar o perfume diretamente no frasco. É preferível senti-lo à distância. A melhor coisa é borrifar um pouco no ar, cheirar e sentir a fragrância. Caso queira senti-lo na pele, as mãos são o lugar ideal. Mas não esfregue uma na outra, isso destrói a estrutura da fragrância e faz com que ela se evapore antes.
•    Não peça opinião a vendedores ou colegas, lembre-se que é pessoal e reflectirá quem você é.
•    As tiras de papel que a maioria das perfumarias disponibiliza para testar os diferentes aromas fazem-no porque é prático. Porém, para sentir a verdadeira essência de qualquer perfume e ter a certeza que combina consigo, tem de o aplicar directamente na pele. Por isso, se sabe que vai experimentar perfumes, não coloque nenhum em casa antes de sair!

Deve-se escolher essências mais leves no verão, com teor cítrico e floral (sobretudo durante o dia), e outras mais fortes para o inverno, como as orientais e de especiarias. E ter sempre em atenção que o calor aumenta a intensidade das fragâncias e o frio diminui. Na minha opinião, versão toilette para o dia ou verão e parfum para noite ou inverno.
Fragrâncias com base oleosa fixam mais na pele e exalam o mesmo aroma em qualquer pessoa. Nas bases alcoólicas, depois que o álcool se evapora, os ingredientes naturais se misturam criando um cheiro diferente para cada pele.

Onde Testar o Perfume:

Teste o perfume no pulso. O calor desta área acentua a fragrância.
As áreas de maior irrigação sanguínea são as mais indicadas para receber o perfume: pulsos, atrás das orelhas, nuca, dobras dos braços e atrás dos joelhos. Uma borrifada na raiz dos cabelos, seguida de escovadas, perfuma todos fios.

O perfume não pode entrar em contradição com outros cosméticos. Se possível, mantenha uma coerência de cheiros. Escolha desodorizantes e hidratantes corporais inodoros ou da mesma linha. Se também forem perfumados o efeito pode ser desastroso.

Algumas dicas:

- Essências cítricas e menta – duração de cerca de duas horas.

- Essências florais e amadeiradas – duram cerca de cinco horas.

- Aromas fortes como baunilha e mel – ficam na pele cerca de dez horas.

É a combinação destas essências que define a fragrância, ou seja, suas proporções é que vão formar um perfume mais fraco ou mais forte. Vem daí aquelas frases em francês tão usada como: eau de parfum, eau de toilette, eau de cologne e splash.

Para não errar:

Evite usar um perfume forte demais (que seria mais ideal para a noite), escolha paro dia-a-dia uma essência cítrica e refrescante. Água de colônia é ideal pra trabalhar. À noite os perfumes amadeirados são mais fortes e sensuais. Para os momentos românticos um perfume floral é o mais indicado.
O excesso de perfume chega a ser uma invasão de privacidade: o ideal é que os outros sintam o perfume apenas quando chegarem bem perto. o olfato está ligado ao sistema límbico do cérebro, que regula as emoções, a sexualidade, o medo e o conforto. o ideal é o cheiro que traz conforto e prazer, porque altera o estado de espírito e eleva o humor. Pode até ser terapêutico, como o de eucalipto, que limpa as vias respiratórias.

* Importante lembrar que gosto e moda são fatores que também interferem na escolha do perfume. Portanto, não siga a moda, respeite sua pele e seu olfacto. Perfumes também têm prazo de validade e devem ser bem armazenados. O ideal é deixar em locais frescos sem luz solar e calor.

Classes de Perfumes:

Sexy: Aromas de ylang-ylang e baunilha são armas de sedução
- Perfumes By Woman, de Dolce & Gabbana

Hippie: Não é fiel a um só perfume, porque usa os aromas de acordo com seu estado de espírito. 
- Perfume Les Belles de Ricci, de Nina Ricci.

Esportiva: perfume cítrico e energizante.
- Perfume Aromatonic, da Lancôme, com aroma cítrico, que refresca e perfuma
Clássica: perfume discreto, do tipo que não atrapalha a vizinhança.
- Allure Eau de Parfum, da Chanel

O Perfume Ideal para cada situação:

- O perfume para o dia deve ser estimulante como o alecrim, contra o cansaço; e cítrico.
- Perfume doce para o trabalho é cansativo e não ajuda a concentrar.
- Para a noite, deve-se escolher um perfume relaxante e afrodisíaco. Doce e floral para as mulheres; mais seco como o cedro e o sândalo para homens.
- Entrevista de emprego: a escolha do perfume ajuda a transmitir que tipo de pessoa você é. “Ele não deve deixar rastro, ser contundente demais”. Evite os doces e florais e aposte em aromas suaves, de preferência cítricos.
- Ginástica: devem-se evitar notas doces como caramelo, baunilha e patchuli, que intensificam a sensação de calor. O melhor é usar perfumes leves e frescos que não comprometem mesmo com transpiração excessiva.
- Praia: o álcool existente na maioria das composições pode manchar a pele. Além disso, a mistura do perfume com protetor solar, que geralmente tem fragrância forte, não é das mais agradáveis. Não use nada.
- Perfume X desodorante: o melhor é usar tudo da mesma marca. Caso isso não seja possível, opte pelos desodorantes em spray. São mais leves, diminuindo o risco de “choques” com o cheiro do perfume.
- Evite usar perfume em: maternidade, na casa de pessoas doentes ou idosas e em festa de criança. Uma boa alternativa é usar água-de- colônia bem leve.

O que usar? Depende sempre do clima, da hora e do tom de pele.
Se a idéia é que o perfume dure muitas horas, as melhores fragrâncias são as que contêm determinadas notas olfativas e estruturas com moléculas mais pesadas, que por isso fixam-se mais. Uma boa opção são os gourmets, com notas de frutas adocicadas e chocolate ou à base de baunilha.

É fundamental que se sinta a mulher mais confiante do mundo, senão não é esse o seu aroma…