Deus é Deus, sempre faz as coisas a maneira d’Ele e não como nós pensamos! Lembre-se somos humanos e limitados, mas Ele não, é ONIPOTENTE! É muto triste ver tanta gente falando de fé, só que na pratica, não confiam… Que fé é essa que só é forte quando os ventos bons sopram? Quando a maré não está para peixe, vai logo a baixo! Isso não é fé!!!

Fé é confiar, sem ver nenhum sinal de resposta! Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem. (Hebreus 11:1)

Sabe qual o nosso problema? É achar que nos conhecemos melhor do que Deus, que sozinhos podemos resolver, que vamos dar um jeitinho… Ele nos criou, lembra? É óbvio que Sabe muito bem o que é melhor para nós. Com toda certeza, pode parecer difícil ou até impossível o livramento para esta situação que você está enfrentando, mas eu posso te garantir por experiência própria: CORTE A CORDA! Solte aquilo que você está apegado, deixe aquilo que te garante alguma segurança, saia da sua “zona de conforto” e deixe Deus trabalhar! Só assim você poderá ver a manifestação do Seu poder em sua vida!!!

Eu sei muito bem o quanto é difícil entender os propósitos de Deus em nossas vidas, estou sempre “sentindo na pele” esta sensação, é como se estivéssemos num “beco sem saída”, nos sentimos atados, mas é neste “beco” que está a maravilha: “Tudo é muito mais simples quando acreditamos e confiamos 100% na vontade d’Ele, não tem nada melhor do que o prazer do livramento!”

Esta velha parábola do alpinista, que talvez você já saiba de cór, ilustra bem o que eu quero passar…

Havia um alpinista que era muito bom no que fazia, nenhuma montanha era problema para ele. Gostava de escalar sozinho pois achava que outras companhias poderíam lhe atrapalhar os planos.

Certa vez ele resolveu fazer sua escalada durante a noite. Ele se sentia tão bem preparado que levou o mínimo de suprimentos e equipamentos possível, e, como sempre, seguiu sozinho para a aventura.

Escalou durante horas na escuridão da noite a enorme montanha. Já estava até sentindo o gostinho da conquista, quando de repente, algo inesperado aconteceu. Escorregou do paredão íngreme e começou a cair em queda livre. Bateu nas rochas, sentiu um medo insuportável e achou que não fosse escapar.

Finalmente o equipamento de segurança funcionou e ele conseguir se prender. Apavorado e tonto, não sabia ao certo de quantos metros havia caído, mas felizmente estava vivo, suspenso no ar, sozinho e no escuro. Não tinha rádio comunicador, nem sinalizadores, nem ninguém para procurá-lo, pois não avisou que saira para escalar.

Gritou por muito tempo, pedindo socorro, até que, convenceu-se de que não havia ninguém que pudesse ajudá-lo. Em seu desespero, começou a pedir que Deus lhe ajudasse a sair daquela situação. Pensou que se Ele existisse mesmo, mandaria alguém lá para salvá-lo ou simplesmente o tiraria de lá.

Foi quando, em sua mente, uma voz lhe dizia: “corte a corda”…

“Só posso estar louco!”, pensou. Achou que a queda e a hiportermia lhe tivesse causando alucinações. Não sabia ao certo se realmente ouvira uma voz ou se era fruto de sua imaginação. Por outro lado, e se cortasse a corda? Poderia cair vários metros até a morte! Não tinha certeza de quão alto estava. Mas a voz insistia: “corte a corda”.

Resolveu que era melhor esperar amanhecer. As chances de ser encontrado eram maiores. Ignorou a voz até que perdeu a consciência.

Pela manhã, um pastor de ovelhas da região passava pelo local quando avistou o alpinista. Não pôde acreditar no que viu: a 02 metros do chão, o corpo do alpinista, já sem vida, estava pendurado pelo equipamento de segurança.

O medo do desconhecido lhe impediu de acreditar que o seu pedido de socorro havia sido atendido. Tudo que ele precisava era confiar e agir, cortar a corda, mesmo diante de toda insegurança, era a única coisa que poderia lhe salvar.

 

Quando você se encontrar numa situação desesperadora, onde não consegue enxergar uma luz no fim do túnel e seus braços já perderam as forças de lutar, ouça a voz de Deus lhe dizendo para cortar a corda… Desapegue daquilo que te prende, saia de uma vez por todas da sua “zona de conforto”. Essa é a única forma de mostrar para Deus o quanto você confia n’Ele e pode ter certeza, você verá a vitória!!!

Não suba sua montanha, morro, rua, nem escadas sozinha (o), Ele vai sempre contigo e se preciso for, sem titubear, corte a corda!