Você quer ser abençoado? Nunca se rebele contra uma Autoridade, principalmente Espiritual! Como já sabemos, toda Autoridade é instituída por Deus e quem se coloca contra uma Autoridade, se coloca contra o próprio Deus que constituiu aquela autoridade!!

Isso é muito forte, e serve para edificar toda a hierarquia da Igreja de Cristo: jovens, obreiros, membros, pastores, bispos, todos.

“Porque os *magistrados não são para temor quando se faz o bem, e, sim, quando se faz o mal. Queres tu não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela; visto que a autoridade é ministro de Deus para teu bem. Entretanto, se fizeres o mal, teme; porque não é sem motivo que ela traz a espada; pois é ministro de Deus, vingador, para castigar o que pratica o mal. Ê necessário que lhe estejais sujeitos, não somente por causa do temor da punição, mas também por dever de consciência.” (Rm 13:3-5)

*Quem são os Magistrados: Cidadão revestido de Autoridade Superior Judicial ou Civil.

Ora, não razão para ter medo dos governantes, uma vez que você está fazendo tudo corretamente, agora, se você não faz as coisas como fora ordenado, aí sim, é óbvio que tem motivos de sobra para ficar com medo e depois também não adianta se queixar…

Quando seguimos as regras e obedecemos como deve ser e não como “achamos que deve ser”, ficamos com a mente tranquila, temos paz, porque as autoridades estão ao serviço de Deus para o nosso bem, e ainda que esta autoridade seja uma pessoa sem a menor comunhão com Deus, o Senhor não permitirá que ela nos prejudique, pelo contrário, será usada por Ele para nos abençoar!

Pode ter certeza, todos os que se levantam contra uma Autoridade instituída por Deus, não tem paz dentro de si. E se alguém se rebelar, e até “conseguir” prejudicar aquela autoridade, essa pessoa pode até sentir uma “breve” sensação de bem-estar, mas está se auto-condenando e sua consciência vai ser atormentada dia e noite. Porque com Deus não se brinca.

Simples… Para ter paz, é preciso reconhecer essa autoridade! Mas a pessoa não deve se submeter aos seus superiores pelo medo da punição, mas por uma questão de princípios, por dever de consciência, por temor ao Seu Deus!!

Continua…