Imagine aquela cena da mãe dando um conselho ao filho que sai pela porta da rua e de lá ele grita sem olhar para trás dizendo: “Tá bom mãe, eu já ouvi, já sei!!!”

Pois é… Ele já ouviu os conselhos da mãe, conhece aquelas palavras, mas elas não lhe causam mais nenhum efeito, e por quê? Porque ouve por ouvir, acha que não precisa mais prestar atenção, acha que já cresceu, que já sabe, está cansado da mesma coisa…

Essa cena é um exemplo claro do que Deus quer nos mostrar… Não basta ouvir ou já saber das coisas, é preciso curvar os ouvidos, dar atenção ao que está sendo falado, caso contrário, serão meras palavras lançadas ao vento que se perdem no nada…

“Filho meu, atenta para as minhas palavras; aos meus ensinamentos inclina os ouvidos.” (Provérbios 4:20)

Tenho observado as pessoas na igreja e como elas reagem durante o momento do ensinamento da palavra de Deus. Algumas ficam atentas e nada as faz desviar os olhos do pastor, estão sedentas, como se quisessem comer cada palavra. Outras até parecem prestar atenção, mas coçam a cabeça, mexem na bolsa, ficam olhando para as outras pessoas, sem falar naquelas que parecem estar em outro planeta.

Agora eu te pergunto, quem curvou os ouvidos para ouvir, quem você acha que vai tirar proveito do ensinamento passado? Quem terá resultados na sua vida??

Então fica mais do que explicado que o sábio tem sede de aprender, para ele, cada ensinamento é novo, por mais que já tenha ouvido antes. Ele dá ouvidos, coloca em prática, porque está atento! Ao passo que os outros…

Ahhh… Esses vão ver o tempo passar e nada acontecer, ficarão sem respostas e são aqueles que brevemente culparão a Deus e a igreja por suas vidas não mudarem…

E você vai ficar no grupos dos sábios ou no daqueles que ficarão para trás?? Aproveite enquanto há tempo, antes que a porta se feche e você fique de fora, como aquelas noivas que foram negligentes achando que ainda tinha tempo…

 

Continua…